01 fevereiro, 2017

O que é o amor?


Amor... Uma palavra tão linda, mas tão complicada de falar. Afinal, o que é o amor? Como nós o tratamos? Como nós o sentimos? Como nós o vivemos? Nascemos para amar? O amor faz sofrer? O amor faz-nos felizes? O amor faz-nos andar nas nuvens? O amor faz-nos chorar? O amor faz-nos ter saudades? Tantas perguntas... Mas tanta falta de resposta.. Cada pessoa sente o amor de maneira diferente. Há pessoas que amam facilmente, outras que precisam de mais tempo, precisam de sentir segurança. Outras que sofrem...
Mas o amor torna-se tão lindo. Quando é vivido. Mesmo com o sofrimento, com a dor, com a tremenda saudade. O amor vive-se, o amor encarna-se, o amor realiza-se. Sentir que tens uma pessoa ali, sempre ali, seja para as tuas alegrias ou para as tuas lágrimas. Quando sorris, ele(a) elogia-te como tu és lindo(a). Quando choras, ele(a) está lá para te enxugar essas lágrimas. Sente-se uma segurança inexplicável, uma proteção que esperas durar para uma eternidade. Cada vez que vais ter com a pessoa o teu estômago revira-se totalmente, sentes as chamadas "borboletas na barriga", e como é tão bom isso. Como é tão bom sentires que amas alguém. Como é gratificante sentires que é com essa pessoa que tu queres viver as tuas vitórias, as tuas batalhas, as tuas derrotas, as tuas lutas, os teus obstáculos. Porque no fundo? Sabes que a pessoa estará sempre lá, pois, sentes que ela te ama igualmente como tu a amas. Idealizas uma vida em conjunto? Estás com o pensamento certo, quando se ama... pensa-se no futuro. Não se deve pensar demasiado à frente, mas a imaginação e os sonhos estão sempre lá, mesmo guardados, tu pensas nessa pessoa com quem queres envelhecer, com quem tens o sonho de casar, de simplesmente viver uma vida feliz. Quando pensas nessa pessoa, o que te vem à cabeça? Sorrisos? Beijos? Abraços? Carinho? Paixão? Felicidade? Um turbilhão de sentimentos surgem na tua mente, e tu continuas sem conseguir explicar o amor... Porquê? Simplesmente porque para o amor não existe explicação. Apenas sentes, vives e revives todos os momentos com a pessoa que amas, queres a sua felicidade, e acima de tudo que seja feliz contigo, que dês valor. Porque a verdade...
É que cada vez há menos pessoas capazes de amar verdadeiramente, hoje em dia o amor já perdeu aquele encanto, as pessoas já não sabem dar o valor verdadeiro. Mas quando encontras a pessoa certa, ou tens na tua mente que ela é? Essa pessoa nem é perfeita, porque na verdade ninguém é perfeito. Mas para ti é. Com todos seus defeitos e qualidades é perfeita! E isso é amor. Isso é amar.

Eu encontrei o meu, a minha pessoa certa, que me transmite todos estes sentimentos.
E tu encontras-te o teu?

6 comentários:

  1. Que fofinha! :) gostei do post isso é que foi inspiração!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. às vezes até funciona ahaha :P
      Obrigada <3

      Eliminar
  2. Gostei do teu cantinho, super giro :)

    http://trapeziovermelho.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigado querida! Fico feliz por teres gostado :)
    Adorei o teu texto. Está profundo e muito bonito! Eu não gosto de pensar à frente, mas sim, eu encontrei o meu :)

    LOOKBOOK Ying Yang
    http://photographybyvania.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que bom que encontras-te o teu! <3

      Eliminar

sê verdadeiro ♥